Flávio Cavalcante

O espectador merece todo nosso respeito, porque sem ele, não há quem possa nos aplaudir

Textos

POETA
Poema de:
Flávio Cavalcante

  
I
Sua obra é imortal e seleta
Traz a fórmula admirada por Zeus
Nos olhos de um grande poeta
Tem poesia aos olhos de Deus


II
Seu templo é a sua escrivaninha
Sua caneta revela sua magia
Deslizando no papel como a varinha
Do mágico que traz uma boa energia


III
O poeta escreve em linhas tortas
Leva amor aos quatro cantos do mundo
Retira das cinzas as palavras mortas
Nas páginas de um vernáculo profundo

 
IV
Ah! Poeta que traz toda a felicidade
Que em outrora foi tão pisoteado
A mentira que agora virou verdade 
Mistério que hoje em dia foi desvendado


V
Meu poeta que te quero ler
M'alma anseia pelo seu poetar
Pega a minha vida pra poder escrever
Sua obra que traduz o verbo amar
 
 
 
Flavio Cavalcante
Enviado por Flavio Cavalcante em 06/11/2016
Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras