Flávio Cavalcante

O espectador merece todo nosso respeito, porque sem ele, não há quem possa nos aplaudir

Textos


LEITURA
Poema de:
Flávio Cavalcante



I
Instiga a torturante e louca vontade
De saber o que está acontecendo
Toda história com calor de verdade
Daquilo que na vida estou relendo

II
Aprazível para a minha alma
Necessidade que a mente necessita
Desliza na folha branca e calma
Memória instigante e sucinta

III
O portfólio de uma bela leitura
Marca na tinta em letra desenhada
Cavidade da firme ranhura
Expondo toda língua mal falada

IV
Tinta na pauta em linhas embaraçadas
Esboço de uma profunda cultura
Traçada em letras desenhadas
Manchadas pela minha leitura

V
Leituras dos meus contos abstratos
Aprazíveis nas noites longas solitárias
Imagens na mente de vários retratos
Da leitura em histórias temporárias

 
Flavio Cavalcante
Enviado por Flavio Cavalcante em 03/02/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras