Flávio Cavalcante

O espectador merece todo nosso respeito, porque sem ele, não há quem possa nos aplaudir

Textos


 
A VOLTA DO COLIBRI
Poema
De
Flávio Cavalcante
 
 
Que beijo caloroso!
Amoroso é o desejo
Que depois de um zeloso beijo
Chora o pranto ao partir
 
Que beijo caloroso!
E choroso é o ensejo
Quando parti o colibri
 
A flor sofre sem o beijo
Murchando todo o jardim
Deixa em lágrimas a Rosa
O lírio, o cravo e o Jasmim
 
Com sofreguidão e culpa
Sentindo a falta do amor
O colibri com saudade
Traz de volta a felicidade
Beijando de novo a sua flor
 
 
Flavio Cavalcante
Enviado por Flavio Cavalcante em 18/08/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras