Flávio Cavalcante

O espectador merece todo nosso respeito, porque sem ele, não há quem possa nos aplaudir

Textos


AMAR SEM NADA TER PRA DAR
Poema de:
Flávio Cavalcante
 
 
Ter ou não ter tudo aquilo que merece
Dádiva do divino criador ou do destino
Das mãos que tudo abençoa e enternece
Na decorrência e da inocência do menino

Na vida de quem tem na veia toda garra
Carrega nas costas uma cruz pesada
Vence batalhas com jeito e se esbarra 
Dando a mão sem querer em troca de nada

Se dar por completo tem as suas barreiras
Destrói o motivo que temos para sonhar
Ouvimos de outrem conjuras e asneiras
No amar por amar sem nada ter pra dar

Enxergar o amor como apenas diversão
Querer desse amor fidelidade e respeito
Agir por impulso e sem total emoção
É pedra jogada ao alto de causa e efeito

Mergulhar incansável entre rios e lagoas
Morrer na praia depois de tanto lutar 
Não adianta querer exigir das pessoas
O que elas não tem ou não querem te dar

 
 
Flavio Cavalcante
Enviado por Flavio Cavalcante em 07/04/2019
Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras